Pets: Espirro Reverso, o que é e como parar? ♡

Em 06.05.2015   Arquivado em Pets

Oi gente!
Hoje eu vou falar sobre uma coisinha que pode acontecer com seu animalzinho de estimação, você já ouviu falar em espirro reverso? não? Então até pouco tempo atrás eu também não sabia o que era, se você não sabe o que é basta dar uma olhada no vídeo abaixo!

~ Essa é a Penelópe minha pinscher, que na época tinha 5 anos e as vezes tem espirro reverso… ~

Bom agora que você já sabe como é um espirro reverso eu vou falar um pouquinho sobre ele.

O espirro reverso é bem comum em cãezinhos que tem o focinho achatado e pode acontecer em gatos também! O nome certinho disso é “respiração paroxística inspiratória
Quando eles espirram normalmente o ar é é empurrado dos pulmões para fora do nariz e no espirro reverso acontece o contrário! O ar é puxado para dentro do nariz o que faz aquele som ali do vídeo.

Causas:
Até onde eu sei, ninguém sabe ao certo o que desencadeia o espirro reverso mas vi que pode ser alguma irritação na garganta, excitação, muito exercício, puxões na coleira, alergias, infecções respiratórias, e mudanças de temperatura.

Duração:
Ele pode durar poucos segundos e ficar por alguns minutos.

Frequência:
Podem acontecer várias vezes durante a vida do seu animalzinho.

Como os cães agem quando ocorre o espirro reverso? :
Os cães em sua maioria ficam parados com as patinhas da frente bem abertinhas, com os olhos arregalados, fazem também um movimento de como estivessem querendo vomitar e claro o som que você pôde ouvir um pouco no vídeo da Penélope.

E os gatos? :
Bom, sobre os gatos você pode ver aqui… Como eu não tenho gatos não posso falar muito :s

 Achei esse vídeo para vocês saberem como é em um gatinho.

O que fazer quando isso ocorrer?

O primeiro de tudo é não se desesperar! Isso é normal!
Tampe com os dedos as narinas ou massageie de leve a garganta estimulando o seu pet a engolir ou assopre bem fraquinho focinho dele. Isso sempre funcionou com a Penélope e com o Dexter (Pinscher do meu namorado)

Lembre-se que isso pode ocorrer tanto em cães quanto em gatos e os cães que tem mais possibilidade de ser acometido são os de raças pequenas.
Se a frequência e duração dos espirros aumentarem, procure um médico veterinário para que possam ser feitos exames para descobrir a causa do espirro.

 

Cuide bem do seu amiguinho viu?!
Beijos e até o próximo post
  • Marília da Rocha

    Em 06.05.2015

    Nossa, nunca tinha ouvido falar disso e olhe que tenho cinco cachorras. Que medo! Obrigada pelo o post, viu?

    Tô seguindo o blog, te espero no meu! <3

    SobreLentes.blogspot

    [Reply]

    Jenifer Ferreira Reply:

    Por nada Marília! Cuida bem das tuas 5 amiguinhas *o*
    Obrigada por seguir, em breve passo no seu ok?! Beijos ♡

    [Reply]